PUBLICAÇÕES

NOTÍCIAS
VOLTAR

FacebookTwitterGoogle+ Email

25.05.2018 - 10:21 Por Camilla Pontes

FÓRUM DE MULHERES NEGRAS DA ALERJ RECEBE O NOME DA VEREADORA MARIELLE FRANCO

  • Por Mídia Ninja
    Fórum de Mulheres Negras receberá nome de Marielle Franco.

Em homenagem à vereadora Marielle Franco, o Fórum Permanente de Diálogos com as Mulheres Negras do Estado do Rio de Janeiro, órgão ligado à Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), acaba de receber o seu nome. O projeto, do deputado Waldeck Carneiro (PT), foi aprovado ontem (24/05) no plenário da Casa. A medida alterou a Resolução 396/17, que criou o fórum, e foi publicada no Diário Oficial do Legislativo desta sexta-feira (25/05).

“A Alerj tem dois fóruns permanentes, um deles tem o nome do jornalista Roberto Marinho. Então fazia todo sentido batizar esse com o nome da Marielle, pelo respeito a sua luta que tinha muitos pontos em comum com esse fórum. Ela esteve presente na nossa agenda muitas vezes, então é uma forma de deixar uma marca dela aqui, um legado”, explicou o autor da medida.

Memória

Na noite do dia 14 de março, no bairro do Estácio, na região central da capital, o carro em que a vereadora estava foi atingido com nove dos 13 tiros disparados. Quatro atingiram a cabeça de Marielle e três, o motorista Anderson Pedro Gomes, que também morreu. Apesar de alguns avanços na investigação sobre o crime, as autoridades ainda não descobriram os autores e nem os motivos. A morte de Marielle Franco repercutiu no mundo, com manifestações da população por vários dias nas ruas e muitas notícias divulgadas sobre o assassinato da vereadora no exercício de seu mandato.

Eleita vereadora com mais de 46 mil votos em 2016, a socióloga e mestre em Administração Pública, Marielle Franco tinha 38 anos, era oriunda da favela da Maré, na Zona Norte, lésbica, mãe e ativista em prol das causas das mulheres e das populações negra, periférica e LBGT. Antes do cargo político, atuou na Comissão de Defesa dos Direitos Humanos da Alerj.

FacebookTwitterGoogle+ Email