PUBLICAÇÕES

NOTÍCIAS
VOLTAR

FacebookTwitterGoogle+ Email

09.03.2018 - 18:18 Por Comunicação Social

PARLAMENTARES JUVENIS ELEITOS CHEGAM À ALERJ NESTA SEGUNDA-FEIRA

  • Por Divulgação PJ
    Parlamentares Juvenis

Uma reunião com 90 estudantes da rede pública de ensino, cada um representando uma cidade fluminense, todos com o mesmo propósito: debater política. É o que vai acontecer na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), entre os dias 12 e 16 de março, quando acontecerá a 11ª edição do Parlamento Juvenil da Alerj (PJ-Alerj) inclusive com sessões realizadas no plenário da Casa.

Durante uma semana, meninos e meninas de quase todos os municípios vivenciarão o dia a dia de um deputado, discutindo assuntos de interesse da população, formando comissões, debatendo projetos de lei e votando os textos. A abertura do PJ-Alerj será no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, no Palácio Tiradentes, às 15h da próxima segunda-feira, pelo presidente em exercício da Alerj, deputado André Ceciliano (PT).

Segundo o coordenador do projeto, deputado Wanderson Nogueira (PSol), a cada edição tem se ampliado a participação da juventude e constatado uma nova consciência política. “Certamente será uma edição histórica, com muitos temas importantes para o nosso estado e o fortalecimento da nossa juventude que quer contribuir. Estamos ansiosos por esse momento em que os jovens ganham ainda mais espaço para o debate”, destacou Nogueira, que está à frente do projeto pelo terceiro ano consecutivo.

"Temos estimulado o engajamento dos alunos a cada ano. No ano passado, por exemplo, estudantes de todos os municípios do Rio foram eleitos. A participação dos jovens no PJ-Alerj será muito importante, pois eles poderão conhecer um pouco mais o cenário político do estado, desenvolver projetos e, também, despertar o espírito de protagonismo juvenil", afirmou o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.

"Será uma oportunidade de conhecer pessoas com o mesmo potencial que o meu", disse o jovem Gregory Peixoto, 16 anos, eleito em Conceição de Macabu, no Norte Fluminense. "Tive conhecimento do projeto através de um professor e não perderei a oportunidade para lutar em prol da educação ambiental", destacou ele, que apresentará projeto de lei tornando obrigatória atividade extracurricular sobre a preservação do meio ambiente dentro das escolas.

No último dia do evento, os três projetos mais votados serão encaminhados ao governador Luiz Fernando Pezão, que irá apreciar os textos, que poderão ser transformados em lei.

Projetos aprovados

Pela primeira vez, desde a criação do PJ-Alerj, dois projetos de lei foram aprovados no ultimo mês, no Plenário da Casa. Ambos por unanimidade. Um de autoria de Mariana Zilda, representante de Araruama, Região dos Lagos, sobre combate ao preconceito às religiões. O segundo foi elaborado por Rodrigo Pessanha, morador de Conceição de Macabu, sobre a logística reversa para resíduos sólidos de tecnologia.

“É muito bacana saber que eu pude fazer a diferença no meu estado. Mais ainda com uma lei tão importante como essa, que pode mudar pra melhor a qualidade de vida das pessoas”, destacou Rodrigo. Os dois projetos, apresentados na edição de 2015, serão agora apreciados pelo governador.

Sobre o PJ

O Parlamento Juvenil teve sua primeira edição realizada em 2003 e teve sempre como finalidade, aproximar os jovens da política e fazê-los participar dela. Podem participar da corrida eleitoral ao PJ - Alerj estudantes de 14 a 17 anos matriculados em escolas da rede pública estadual.

O projeto tem a parceria das secretarias estaduais de Educação e de Esporte, Lazer e Juventude. Educadores, professores e estudantes podem obter informações através do site: www.parlamento-juvenil.rj.gov.br.

FacebookTwitterGoogle+ Email