PUBLICAÇÕES

NOTÍCIAS
VOLTAR

FacebookTwitterGoogle+ Email

14.06.2019 - 13:15 Por Comunicação Social

CONSÓRCIO MARACANÃ NÃO ENVIA REPRESENTANTES À AUDIÊNCIA SOBRE O ESTÁDIO

1/1
  • Por Julia Passos
    Comissão Especial Relacionada às Atividades Esportivas de Alto Rendimento e Olímpicas
  • Por Julia Passos
    Deputado Rodrigo Amorim (PSL) preside comissão
  • Por Julia Passos
    Luiz Fernando, vice presidente do Botafogo, presente na comissão

O Consórcio Maracanã, que administrou o estádio até o último dia 18 de maio, quando o Governo do Estado rompeu o contrato de concessão, não enviou representantes para a audiência da Comissão Especial da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) sobre esportes de alto rendimento, que discute problemas na contratação de prestadoras de serviço na arena. Presidente do grupo, o deputado Rodrigo Amorim (PSL) afirmou que a ausência mostra a falta de compromisso do Consórcio em esclarecer dúvidas sobre sua atuação.

“O Estado investiu dezenas de bilhões na reforma do Maracanã, depois passou o estádio a um consórcio, que quando esteve aqui não sabia nos informar absolutamente nada. Desde aquele momento, nós percebemos uma tentativa do Consórcio Maracanã de criar obstáculos ao avanço dessa comissão. Não vieram hoje, numa audiência convocada para tratar da comercialização de produtos dentro do estádio de forma clandestina, sonegando imposto” declarou Amorim.

Segundo o deputado, as relações da antiga concessionária com as empresas contratadas para prestar serviços, como a venda de produtos nos bares, são obscuras e precisam ser investigadas. O deputado afirmou que vai estudar medidas para garantir a presença dos representantes do Consórcio na comissão. Estiveram presentes na reunião desta sexta-feira o deputado Alexandre Knoploch (PSL) e o vice-presidente executivo do Botafogo, Luiz Fernando Santos.

FacebookTwitterGoogle+ Email