PUBLICAÇÕES

NOTÍCIAS
VOLTAR

FacebookTwitterGoogle+ Email

11.08.2021 - 14:00 Por Ana Luiza Abreu

ALERJ LANÇA FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DOS AGENTES DE SEGURANÇA

1/1
  • Por Julia Passos
  • Por Julia Passos

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) instalou, nesta quarta-feira (11/08), a Frente Parlamentar em Defesa da Vida dos Agentes de Segurança Pública, que tem como objetivo a valorização dessa categoria. A Frente será presidida pelo deputado Márcio Gualberto (PSL), e conta com a participação dos deputados Vandro Família (SDD), Charles Batista (PSL), Coronel Salema (PSD), Marcelo Dino (PSL) e Anderson Moraes (PSL) como integrantes do colegiado.

À frente do grupo, Gualberto afirmou que a Frente atuará juntamente com a Comissão de Segurança Pública da Casa. “Ela contará com a participação de vários parlamentares e tem a finalidade de lutar pela melhoria da qualidade de vida de todos os profissionais da área”, enfatizou Gualberto.

Durante o encontro, os deputados disseram que vão unir forças para dar tranquilidade aos polícias no exercício do seu trabalho. “Esses profissionais são a última linha entre a paz e o caos, muitas vezes sem estrutura do estado. Com essa frente, eles poderão contar conosco”, declarou o deputado Charles Batista.

Já o deputado Anderson Moraes destacou que o Parlamento está solidário à causa dos agentes de segurança desde 2019. “O Estado do Rio vem avançando muito em relação à segurança pública, e vamos seguir trabalhando nesse sentido¨, comentou.

Presente à reunião, o Coronel Cajueiro, presidente da Associação Beneficente Heróis do Rio de Janeiro (ABHRJ), disse que 18% do efetivo da Polícia Militar e da Polícia Civil foi morto ou ferido fisicamente no estado: “As perdas de vidas policiais e da integridade física causam problemas psicológicos nos familiares e amigos. “Precisamos do apoio do Judiciário, Legislativo, Executivo e dos cidadãos em prol da salvaguarda desses profissionais”.

Participaram também da instalação da Frente Marcelo Buhaten, Desembargador do TJ-RJ e presidente da Associação Nacional de Desembargadores (Andes); Marcelo Rocha Monteiro, Procurador de Justiça (MP-RJ); Rodrigo Teixeira de Oliveira, subsecretário de Planejamento e Integração Operacional da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro; Marília Castro Neves, Desembargadora do TJ-RJ; Carmem Eliza Bastos de Carvalho, promotora de Justiça (MPRJ), entre outras autoridades.

 

 

FacebookTwitterGoogle+ Email