Zaqueu Teixeira
zaqueuteixeira@alerj.rj.gov.br
 



 
 Nome Completo: Zaqueu da Silva Teixeira
Data de nascimento: 04/11/1961
Origem: Queimados – Baixada Fluminense
Domicílio eleitoral: Queimados
Formação: Bacharel em Direito

Área de atuação: Segurança, Cidadania, Assistência e Cultura



Eleito para o primeiro mandato em 2010, Zaqueu Teixeira pautou sua atuação na defesa de projetos de lei que reduzissem as desigualdades que atingem os cidadãos cariocas. Para tanto, focou seu dia a dia em ouvir todos os setores da sociedade e acolher suas demandas. Dessa troca de informações nasceram projetos de lei voltados para a Segurança Pública, Assistência Social e Direitos Humanos, Defesa do Consumidor, Cultura e tantos outros.

Zaqueu é autor da Lei 6.914/14, que institui o sistema de cotas para os cursos de pós-graduação, especialização, mestrado, e doutorado nas universidades públicas do Rio de Janeiro; da Lei 6.881/14, que obriga as operadoras de plano de saúde a avisar aos clientes o descredenciamento de médicos, hospitais e clínicas; da Lei 6.013/11 que determina a afixação, nos cartórios e imobiliárias, de cartazes avisando sobre descontos nas taxas na aquisição do primeiro imóvel; assim como da Lei 6.927/14, que obriga às operadoras de telefonia a avisar, por mensagem de texto ou voz, quando o limite da franquia for atingido e outras.

É de Zaqueu a Indicação Legislativa que reduziu o interstício para promoção de policiais e bombeiros militares. Foi incansável, cobrou, fez emendas e debateu com lideranças da Casa Legislativa para que os agentes da Polícia Civil tivessem a incorporação da gratificação de Delegacia Legal em seus vencimentos básicos. Também apresentou uma emenda favorecendo os delegados com a incorporação de uma gratificação semelhante a dos agentes.

Como parlamentar, ocupou o plenário para cobrar das autoridades providências em relação ao aumento da violência na Baixada Fluminense. Também usou o mandato para levar melhorias para o povo de Queimados: através de indicações legislativas, conseguiu uma van para transportar pacientes em tratamento de saúde em outras cidades, uma clínica da família para o Bairro São Jorge, inserção da cidade no Programa Bairro Novo, foi a Brasília pleitear recursos para construir um hospital no município, o dinheiro foi liberado pelo Governo Federal e Queimados Hospital de Cardiologia.

No final de 2012, Zaqueu Teixeira assumiu a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos e foi responsável pela expansão do Programa Renda Melhor Jovem para os 92 municípios do Rio, pela manutenção de milhares de famílias no Programa Aluguel Social e pela parceria com o Banco Internacional de Desenvolvimento (BID) para implantação do Programa Caminho Melhor Jovem, além de aumentar o número de CRAS e CREAS.

De volta à Alerj, no início de 2014, o parlamentar assumiu a presidência da Comissão de Cultura. Empenhou-se na luta dos funcionários da Fundação Anita Mantuano de Artes do Rio de Janeiro (Funarj) e conseguiu aumento maior que o proposto pelo governador, que era de 6,5%, com a emenda de Zaqueu o reajuste passou a 10%.

Promoveu debates sobre a Lei Estadual de Cultura e o Plano Estadual de Cultura, levou membros do Ministério da Cultura, representantes da indústria, do comércio, de sindicatos e ativistas culturais, a Duque de Caxias, para falar sobre a implantação do Vale-Cultura. Além de propor, através de PL, a inserção no calendário oficial do Estado O Dia do Trabalhador da Cultura, 9 de junho, e a Semana Comemorativa dos Saraus.

No mesmo período, criou a Frente Parlamentar de Assistência Social no âmbito do estado do Rio de Janeiro, através do Projeto de Lei 2804/14, a qual preside. Nas eleições de 2014, o parlamentar foi reeleito para a legislatura 2015/2019.

Zaqueu Teixeira nasceu em Queimados, começou estudar aos 9 anos e aos 13 já era camelô. Vendeu jornal, bala, picolé e sorvete para sobreviver. Para garantir casa, comida e oportunidade de trabalho, entrou para a Escola de Especialistas da Aeronáutica, em seguida fez exame supletivo e cursou Direito na UFRJ. Foi aprovado no concurso para delegado, pouco tempo depois já era chefe da Polícia Civil.
 
   
 
 Você pode acompanhar o trabalho de seu parlamentar pelo
BANCO DE DADOS DA ALERJ.
Utilize os mecanismos de busca por nome ou palavra chave.
 


   © Copyright 2010 Alerj