Baltazar da Silveira

Carlos Baltazar da Silveira (1843-1913) nasceu na Bahia. Militar, participou da campanha do Paraguai, recebendo várias condecorações e medalhas. Foi capitão do porto do Rio de Janeiro, chefe do estado-Maior da Armada e ministro da Marinha. Membro do Conselho do Imperador, atingiu o posto de almirante.

Foi convidado por carta do marechal Floriano Peixoto para o governo do estado do Rio a 11 de dezembro de 1891 e recebeu a aclamação do povo em Niterói. Reviu todos os atos administrativos de Francisco Portela e dissolveu a Assembléia Constituinte, devido a uma suspeita de fraude na eleição. Promulgada a Constituição de 1892, estabelecido o mandato presidencial de três anos, Baltazar foi eleito para governar em caráter provisório o estado, até a posse do novo titular, que ocorreu em 3 de maio de 1892. Faleceu no Rio de Janeiro.


Fontes: LACOMBE, Lourenço Luiz. Os chefes do executivo fluminense. Petrópolis:Vozes, 1973.


[ volta ]  [ sobe ]