Miguel Couto Filho

Miguel Couto Filho (1900-1969) nasceu no Rio de Janeiro, então Distrito Federal. Formou-se em medicina pela Universidade do Rio de Janeiro.

Exerceu mandato de deputado estadual pelo Rio de Janeiro de 1935 a 1937 e, com o fim do estado Novo, elegeu-se deputado à Assembléia Nacional Constituinte na legenda do Partido Social Democrático (PSD). Reeleito em 1950, interrompeu seu mandato em 1953 para ocupar a pasta da Saúde, recém-criada pelo presidente Getúlio Vargas. Deixou o Ministério em junho de 1954, quando voltou a exercer seu mandato de deputado federal.

Em outubro de 1954 elegeu-se governador do Rio de Janeiro, apoiado por uma coligação que incluía o PSD, o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), o Partido Republicano (PR) e o Partido Trabalhista Nacional (PTN). Em julho de 1958 deixou o cargo para concorrer a uma cadeira no Senado. Em outubro do mesmo ano foi eleito senador, transferindo-se para o Partido Social Progressista (PSP).

Voltou a concorrer ao governo do Rio de Janeiro em 1962, mas foi derrotado por Badger da Silveira. Com o bipartidarismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena). Elegeu-se primeiro suplente de deputado federal pelo estado do Rio, vindo a ocupar uma cadeira em fevereiro de 1967. Faleceu em Guarapari (ES).


Fontes: ABREU, Alzira de & BELOCH, Israel (coords.). Dicionário histórico-biográfico brasileiro:1930-1983. Rio de Janeiro. Ed. Forense Universitária: FGV/CPDOC: FINEP, 1984, v. 2. LACOMBE, Lourenço Luiz. Os chefes do executivo fluminense. Petrópolis:Vozes, 1973.


[ volta ]  [ sobe ]